Ageuniara

Mostra destaca a vida de Wallace Leal

Por: ROSANE BATISTA LEMOS

31/10/2007

A Secretaria Municipal de Cultura e a Fundação de Artes e Cultura (FUNDART) de Araraquara (SP) em conjunto com grupos e Companhias de teatro da cidade realizam até o dia 7 de novembro a mostra: "Wallace Leal Valentim Rodrigues".

A mostra que começou no dia 27 de outubro é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura em parceria com a Fundação de Artes e cultura (Fundart) de Araraquara (SP) em conjunto com grupos e cias da cidade.

A mostra tem por objetivo resgatar a história do artista Wallace Leal e o seu grande legado para a cultura de Araraquara, bem como do próprio espaço que leva seu nome, o "Teatro de bolso" Wallace Leal Valentim Rodrigues.

A idéia da mostra surgiu da necessidade de valorizar, de dar identidade ao Teatro Wallace, pois embora seja uma sala anexa à Casa da Cultura é um espaço histórico e que, muitas vezes, não é sequer lembrado pelo cidadão araraquarense. Dentro da realidade de muitas cidades brasileiras, mais de 90% dos municípios não têm um teatro como o Wallace.

Segundo o presidente da Fundart, André Agatti os programas que são elaborados visam sempre a participação de artistas locais."Desde o ponto de vista das políticas públicas entendemos que é papel do governo estimular a participação dos municípios em atividades artísticas de lazer",afirma.

"Aqui entra também a perspectiva de democratização da cultura, ou seja, entendemos que atividades culturais não são supérfluas, mas constituem componentes fundamentais para a formação plena do cidadão e, assim sendo, não podemos conceber cultura como produto de consumo da elite, mas de toda a população", reflete.

Para Agatti o público-alvo é a população, em geral."Conseguimos, gradativamente, despertar o interesse da população pela cultura e quando falo em população, me refiro especialmente ao cidadão que mora na periferia, que raramente tem oportunidades de lazer, que muitas vezes nunca freqüentou um teatro ou cinema por falta de condições financeiras ou por falta de interesse” informa.

"E a partir do momento que seus filhos começam a desenvolver atividades nas oficinas culturais, muitas vezes a família começa acompanhar e despertar este interesse pela cultura, o que no Brasil sempre foi privilégio de pouco", completa Agatti.

Ainda, de acordo com ele, a exibição de espetáculos, a contação de histórias, as performances de humor, o teatro, a música, a dança, a pintura e as artes plásticas são atividades que dialogam diretamente com a alma do ser humano. "No mundo capitalista selvagem em que vivemos existe uma clara inversão de valores, onde o material se sobrepõe ao humano.Acredito na cultura como movimento de resistência à degradação humana pelo capitalismo", observa Agatti.

"Acreditamos na cultura como um fantástico instrumento de transformação social, enfim, todos os espetáculos oferecidos pela Secretaria Municipal de Cultura/Fundart têm, como perspectiva, a valorização do ser humano" finaliza.

Para a moradora de Araraquara, Tatiane Oliveira, a Casa da Cultura promove bons espetáculos de interesse para o público, em geral, além de serem espetáculos com uma repercussão significativa."Devemos dar valor aos espetáculos, pois eles trazem algo de importante para cada telespectador".

A mostra acontece, de segunda à sábado. Durante a semana das 8h às 23h e aos sábados das 8h às 12h, com entrada franca. O teatro Wallace Leal Valentim Rodrigues está localizado na Avenida Espanha, nº485,no centro da cidade. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (16) 3301-5169.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/