[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Número de interessados em Wicca está aumentando na região

Por: LUCIANA GONCALVES TEIXEIRA

22/06/2007

Fundada na década de 1950 por Gerald Gardner, a Wicca é uma religião voltada para a pratica do bem, baseada nos antigos rituais dos Celtas. Com o passar dos anos ela foi se tornando cada vez mais popular, porém sua ascensão no interior de São Paulo está sendo lenta e complicada, pois em cidades pequenas não há muita informação sobre esse tema. Por lidar com magia e feitiços, a Wicca é vítima de preconceitos de gente desinformada, sendo acusada de seita e de prática demoníaca.

Na região de Araraquara, cresce o interesse em saber mais sobre a filosofia dessa religião. Bruxos que atuam nas cidades próximas são procurados por pessoas interessadas em saber mais sobre a Wicca.

A sacerdotisa Neusa Borelli, na Wicca há 30 anos, que mora em Guariba, conta que as pessoas têm procurado seus conhecimentos com mais freqüência nos últimos anos, porém, ela afirma que ainda há muito preconceito, mesmo entre aqueles que a procuram. “As pessoas pensam que a Wicca é um modo de resolver os problemas pessoais, como um último recurso. A maioria acha que se trata de simpatias para o amor e coisas assim. Mas a Wicca é mais do que isso, é uma religião”, ela explica.

O principal fator que impede o maior crescimento da Wicca é o preconceito, constata a sacerdotisa Neusa. Como ele é muito freqüente, os praticantes da Wicca se fecham para se preservar, o que torna mais difícil a obtenção de informações para quem se interessa em praticar. Mas essa situação está mudando aos poucos. Como observa a sacerdotisa Neusa Borelli, até os preconceituosos se interessam pelo tema e têm procurado saber mais sobre ele. Neusa acha que isso acontece porque a magia é uma coisa que desperta muita curiosidade pela aura de mistério que carrega.

Em Guariba, cerca de 12 pessoas se reúnem para celebrar os Sabats (Festivais em que os bruxos celebram as mudanças de ciclos da natureza). São poucos praticantes, quase todos da família da sacerdotisa Neusa,e alguns de Ribeirão Preto, mas o fato de eles existirem em uma cidade tão pequena quanto Guariba, é uma prova do quanto essa religião vem crescendo, acredita a religiosa.

Em Araraquara também há bruxos. Na cidade há reuniões sobre Wicca todas as quintas-feiras, às 19 horas, segundo Marcos, praticante da Wicca. Quem estiver interessado em participar das reuniões e quiser saber o local, pode pedir informações na Comunidade do Orkut “Wicca Araraquara”. O link é: www.orkut.com/Community.aspx?cmm=2530165

A internet tem sido um importante instrumento para a divulgação da Wicca no interior de São Paulo. Há inúmeros sites sobre bruxaria, fóruns de discussão sobre o tema e comunidades no Orkut com informações para quem quer estudar. Eduardo Galiani, estudante de jornalismo e morador da cidade de Matão, conta que conheceu a Wicca há dois anos, através de um filme. Depois, passou a estudar em sites. Ele acha que a internet é muito importante, porque nem sempre as pessoas podem comprar bons livros, que são caros, então a rede acaba sendo o único meio de obter textos sobre o assunto.

A Wicca também vem ganhando espaço na mídia. A nova novela das seis da Rede Globo tem bruxaria como tema central. A jornalista Eddie Van Feu, autora da série de revistas Wicca e de mais três livros sobre a religião, acha que o fato da novela abordar esse assunto é uma coisa boa para o esclarecimento das pessoas. Feu diz que como a TV é muitas vezes a única fonte de informação que a maioria das pessoas tem, essa novela pode despertar o interesse e a curiosidade pela magia, o que fará com que mais interessados busquem saber o que a magia realmente é.

No site de relacionamentos Orkut, é possível encontrar comunidades de membros Wiccanos aqui da região de Araraquara. A comunidade “Wicca Araraquara”, que tem 28 membros e a comunidade “Wicca – Interior de São Paulo”, que conta com 164 membros são dois exemlos. Para quem quer estudar Wicca e fazer parte de um Coven (grupo de estudos e prática de magia) aqui na região, o Orkut é uma forma eficiente de fazer contatos com quem já pratica essa religião.

O que é Wicca

A Wicca é uma das vertentes da bruxaria. É chamada de bruxaria moderna, pois seu fundador, Gerald Gardner, se inspirou na antiga religião Celta, mas a adaptou para o mundo moderno. É uma religião que celebra a natureza e seus ciclos, usando essa energia para realizar mudanças no mundo físico, o que é chamado de magia.

Ao contrário do que muitos pensam, a Wicca nada tem a ver com demônios e magia negra. Seus praticantes nem sequer acreditam no diabo, ser mitológico que faz parte das crenças do cristianismo, não da bruxaria. Os Wiccanos tem uma lei muito importante, que é a lei do retorno triplo: “Tudo o que você fizer voltará para você três vezes”.

Os bruxos são pessoas responsáveis que não interferem nas vidas e no livre arbítrio das pessoas, pois assumem a conseqüência de seus atos. Eles respeitam a natureza como a Grande Mãe, a provedora da vida.

A maioria dos bruxos faz parte de algum tipo de órgão de proteção à natureza e aos animais. Muitos ajudam animais abandonados na rua, tornam-se vegetarianos e levam uma vida ecologicamente correta.

Talvez essa ligação com a natureza seja o motivo de as pessoas procurarem mais a magia ultimamente. Nessa época de aquecimento global e maus tratos ao meio ambiente, a propagação da Wicca é considerada pelos praticantes como uma resposta positiva na busca pela sobrevivência da vida humana na terra.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/