202101271427

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Corpo de Bombeiros regista 36 ocorrências de queimadas

Por: TAMIRES GONÇALVES DA SILVA

21/04/2007

O Corpo de Bombeiros de Araraquara(SP) registrou 36 ocorrências, entre os dias 01 e 16 de abril. Nos dias 5 e 15 foram atendidas cinco ocorrências por dia, o maior número,neste mês.A informação é do Subtenente Milton Santanna.

Para ele os moradores “querem limpar os terrenos colocando fogo”. Ele afirma que isso é uma atitude errada."Cada um deve fazer a sua parte.O Corpo de Bombeiros está sempre à disposição para atender as ocorrências”, completa.

Moradores do bairro Selmi Dey reclamam das queimadas nos terrenos.Para eles é uma falta de respeito,inclusive com as pessoas que moram ao lado dos mesmos.As queimadas prejudicam as pessoas, o solo, os vegetais e também polui o ar.

A moradora Nilza Souza, 45,diz tratar-se de falta de respeito com as pessoas que moram ao lado de terrenos, como é o caso dela, que não pode deixar as janelas abertas e deixar roupa no varal.

Ela diz ainda que costumam “botar fogo” durante o período da noite e os bichos peçonhentos entram na sua casa. Nilza pede para que as pessoas tenham consciência e respeito "para podermos acabar com as queimadas",observa.

Outra moradora, Vanessa Oliveira,34, reclama por ter filhos pequenos e ser um perigo para a saúde deles.Ela confessa que quando morava em outro bairro já colocou fogo no terreno do vizinho, mas não tinha filhos e também não tinha "noção" do mal que fazia."Os vizinhos viram eu botando fogo e chamaram a policia, mas nada fizeram.Apenas ficamos olhando o fogo até que se espalhou demais e chamamos os bombeiros", lembra.

Coordenadoria do Meio Ambiente

O diretor de projetos especiais da Coordenadoria do Meio Ambiente,de Araraquara, Gelson Caldeira Dantas, informa que a penalidade independente de quem provocou o fogo sempre recai para o dono do terreno, por não cuidar,não mantê-lo sempre limpo e com todas as precauções exigidas.

Caldeira informa que a multa é calculada pelo tamanho do terreno.Num terreno de 500 metros quadrados,por exemplo, a multa é por volta de R$ 280,00.

O Diretor comunica que para qualquer tipo de denuncia as pessoas podem ligar para a Coordenadora do Meio Ambiente que fica localizada dentro do Parque Pinheirinho.O contato pode ser feito em horário comercial pelo telefone (16)33395002, e após o horário comercial no disque denuncia 08007740440.

Caldeira avisa que na hora que o terreno está em chamas é preciso ligar primeiro para o Corpo de Bombeiros e, em seguida, ligar para fazer a denúncia. Um dos fiscais vai ate o local e registraro acontecimento.

Ele explica que todos os dias,mesmo que não denunciarem para a Coordenadoria do Meio Ambiente, o Corpo de Bombeiros informa todas as ocorrências com todos os dados completos do local para que eles localizem o dono do terreno.

"Terreno limpo não pega fogo. Então o dono não tem o que justificar e é obrigado a pagar a multa", finaliza.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI