[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Araraquara desenvolve projeto de restauração da Praça da Matriz

Por: MATHEUS RODRIGUES VIEIRA

22/06/2006

A iniciativa da prefeitura de Araraquara(SP) de resgatar a arquitetura original da Praça da Igreja Matriz, através de um projeto de restauração, tem boa receptividade dos moradores.A Praça foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Artístico e Arquitetônic(CONDEPHAAT) do Governo Federal em 1998.

Quem passa pelo local consegue perceber o resgate de seu valor histórico, depois do investimento no sistema de iluminação, com postes iguais aos usados na época entre 1910 e 1940 e projetores que não alteram a cor da folhagem e monumentos.

O aposentado Arlindo de Souza, de 77 anos, aprova a restauração.Para ele, toda obra de melhoria é muito bem vinda, principalmente em locais que remetem boas lembranças.“Vinha aqui quando era jovem. Saía do trabalho e sentava com os amigos para conversar. É um local agradável, muito bonito. É o marco da nossa cidade. Que bom que estão se preocupando com a Praça”, observa ele.

“A Praça é o marco zero de nossa cidade. Tem um valor histórico e cultural muito grande”, diz Domingos Carnesecca Neto, da Gerência de Preservação do Patrimônio Urbano de Araraquara.

Com um investimento de R$ 140 mil, com recursos da Contribuição de Iluminação Pública(CIP),a Praça da Matriz ganhou 24 postes históricos, feitos de acordo com imagens da época, assim como as luminárias.

Juntos, ele retratam fielmente a iluminação da praça entre 1910 e 1948, período escolhido pela Comissão Executora do projeto de Revitalização, instituída em 2004, para melhor representar a arquitetura do local.

"Acho muito interessante, pois com essa reforma deve melhorar a segurança da praça principalmente a noite", diz o padre Baldan , responsável pela paróquia de São Bento .

Nas luminárias foram instaladas lâmpadas de iodeto metálicos, que não alteram as cores originais das plantas e monumentos.

Também foram instalados 14 projetores com lâmpadas coloridas (verdes e brancas) com o objetivo de destacar ainda mais a folhagem e a arquitetura da praça.

O novo sistema de iluminação também vai possibilitar uma economia de quase R$ 1.000,00 por ano aos cofres públicos e um fluxo luminoso maior.

Nova fase

Depois da nomeação de uma Comissão Executora para viabilizar o projeto de restauração da Praça e da troca no sistema de iluminação, a prefeitura parte agora para a terceira fase do processo de resgate da arquitetura original: a limpeza da vegetação da Praça.

Nesta semana os funcionários trabalham na retirada de galhos de árvores e remoção de plantas invasoras.

De acordo com Carnesecca Neto haverá um equilíbrio entre o que será removido e o que será replantado. “Não haverá perdas. Espécies não recomendadas para o local serão substituídas”, explica.

Além da limpeza da vegetação também está na programação da Comissão Executora a remoção de árvores de grande porte, que por razões fito-sanitárias (doenças de vegetação) representam risco para a comunidade e para os próprios equipamentos e arte urbana da Praça como luminárias, bancos, cabines e monumentos.

A limpeza da vegetação deve ser finalizada até julho, quando deve ser iniciada a próxima fase da restauração, que é a arquitetura original do chafariz.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/