Ageuniara

Celulares bloqueados dividem opiniões em Araraquara

Por: FERNANDO CESAR LOPASSO ZAVANELLA

05/06/2006

As ligações de celulares, estão bloqueadas nas regiões próximas à Penitenciaria de Araraquara(SP),desde o dia 19 de maio, por determinação judicial e os usuários e empresas que necessitam destes serviços estão sendo prejudicados.

Há dez dias, a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), bloqueou as ligações de telefones celulares nas imediações da Penitenciaria para não que haja comunicação interna e nem externa entre os presidiários, evitando motins.

As operadoras de celulares Tim, Claro e Vivo, que atendem na cidade e também as empresas que utilizam sistema de radiofreqüência em ligações, que são a Nextel, a Embratel e a Telefônica estão participando desta operação.

Grande parte da população utiliza os serviços da telefonia móvel. Muitas pessoas estão revoltadas com a situação, mas este não é o caso da moradora Gabriela Martins Y Martins, que considera válido como uma tentativa emergencial. “Todos estão sendo prejudicados, mas entendo que é para o bem da população”, completa.

Algumas empresas de moto-taxi dizem estar prejudicadas com os bloqueios, reclamam que reduziu o número de chamadas em até 40% nas últimas semanas, como é o caso da empresa Arco-Íris Moto-Taxi, localizada na Avenida Francisco Vaz Filho, próximo à Penitenciaria.

Segundo a atendente Isabel Cristina Silva o bloqueio está influenciando muito. “A maiorias das corridas que é feita por nossa empresa, é através de ligações de celulares e tivemos uma redução de 110 chamadas na primeira semana”, afirma ela.

Outra empresa de moto-taxi, a Rádio, também teve redução no número de corridas durante a semana passada. “Depois do bloqueio, tivemos uma redução de 40% nas ligações atendidas”, conta a secretária Sandra.

O Procon – SP, divulgou em nota que os clientes prejudicados, tem que entender o situação como um ato de cidadania, é um momento delicado e o principal interesse é preservar o bem comum.

Outra cinco cidades do estado tiveram o sistema de telefonia móvel bloqueadas nas regiões próximas a presídios públicos.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/