Ageuniara

São Carlos cria rede de informação

Por: MICHELE BARBOZA DUNDA

06/04/2006

No dia 8 de março foi inaugurado pela prefeitura de São Carlos (SP), o projeto “Rede de Informação da Criança e do Adolescente” (RECRIAD), um sistema on-line que visa a união entre todos os projetos e programas de atendimento à criança e ao adolescente.

O objetivo é fazer com que os canais de comunicação sejam estabelecidos entre parceiros do projeto, creches e entidades cadastradas.

O RECRIAD foi criado para melhorar o atendimento à criança e ao adolescente, além de buscar recursos e principalmente garantir seus direitos. Para que isso aconteça foi firmada a parceria entre a prefeitura de São Carlos, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e a Fundação Telefônica.

Entre as 200 cidades mais populosas do estado de São Paulo, foram escolhidas apenas oito para a implantação do projeto. São Carlos foi escolhida por contar com o Núcleo de Apoio ao Menor Infrator (NAI), que é referência para outros municípios.

O diretor do NAI, José Luis Arcerito, disse ter aderido ao programa por acreditar que este é mais um projeto que se une a outros na cidade, para defender os direitos da criança e do adolescente. “São Carlos é uma cidade desenvolvida e o RECRIAD é um projeto que surge com propostas inovadoras. Servirá de exemplo para outras cidades, assim como o NAI”, afirma Arcerito.

Segundo o secretário da Infância e Juventude da cidade, padre Agnaldo Soares Lima, ainda este ano, será desenvolvido um software contendo um banco de dados para cadastrar e acompanhar todas as crianças e adolescentes. Depois disso, será realizada a capacitação dos gestores de creches e entidades, para que eles aprendam a utilizar o sistema. O projeto deverá ser finalizado em 2007.

“Para que o projeto funcione, as instituições não podem se fechar entre quatro paredes, limitando-se apenas ao seu trabalho. É necessário que se pense na criança e na continuidade educacional que elas terão em outras instituições, até chegarem na adolescência onde possam ter cursos profissionalizantes”, conclui o secretário.

Serão 56 pontos de interligação entre Secretarias Municipais, Conselho Tutelar, Conselho de Direitos da Criança e do Adolescente, Creches municipais e conveniadas, Projetos de Complementação Escolar, Entidades Profissionalizantes e outros órgãos. Assim todos terão conhecimento das ações realizadas por seus parceiros.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/