Ageuniara

Número de homicídios aumenta em Matão

Por: MILENA TORQUATO DANIEL

12/11/2005

O número de homicídios e roubos e furtos aumentou, este ano, em Matão (SP) em relação ao mesmo período, de janeiro a agosto de 2004.

Os dados são da Secretaria de Segurança Pública e mostram que, em 2004, houve apenas um homicídio doloso, enquanto no mesmo período, deste ano, aconteceram três homicídios.

Em 2004 foram registrados 452 furtos, enquanto que, este ano, foram registrados 461. De acordo com o capitão da 4º Companhia do batalhão da policia Militar (PM) Beto Figueiredo a média de furtos é de 60 a 100 registros por mês.

O roubo, crime seguido de ameaça, teve uma pequena elevação, em 2004. Foram 50 casos e, este ano, atingiu 56.

O único crime que teve sua estatística apontando uma queda, foi o furto de veículos. Em 2004 foram registrados 53 casos enquanto que em 2005 foram registrados 34.

"Para combater esta situação a Polícia Militar tem algumas estratégias.Já estão sendo disponibilizadas duas viaturas para o Policiamento Integrado e este tipo de policiamento atua com um policial a cada viatura, colhendo informações e dados na cidade", comenta o policial Jorge Castriano.

Os moradores estão preocupados e tentam manter a calma.“Em minha casa não é como antes.Tranco as portas e as janelas corretamente e estou tomando todas as precauções possíveis, para manter minha família segura", afirma a moradora Claudete Pereira moradora do Jardim Itália.

Moro no bairro Jardim Alvorada, há quase quatros anos e nunca tinha sofrido nenhum tipo de ameaça, porém nos últimos quatros meses ocorreu em minha casa duas tentativas de furto, felizmente minha esposa chamou a policia a tempo e nada de mais grave aconteceu. Hoje para maior segurança, cerquei toda a casa com cerca elétrica", diz o morador Thiago Cardoso.”

Outro morador,Márcio Souza Belentani, diz que no último dia 05 foi a uma festa e quando estava indo embora notou que ocorreu uma tentativa de furto em seu veículo.

"A porta estava completamente amassada e o vidro quebrado. Não houve roubo do veículo, porém o toca fita foi levado, fiquei apavorado",diz



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/