202101190951

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Bairros de Araraquara popularizam festas juninas

Por: MARIA LUIZA PAIVA SANTOS

22/06/2005

No mês de junho muitos bairros de Araraquara(SP) organizam festas juninas na rua, contando com a presença dos vizinhos, mas o que está se tornado mais comum, é o desligamento dessa festa com a igreja católica.

As festas são bem simples, um quarteirão da rua escolhida é fechado e se transforma num grande pátio para que haja a harmonização entre a vizinhança mais próxima.

As festas contam com pessoas de todas as religiões e é vistacomo uma balada se esquecendo que o motivo deveria ser a comemoração dia de São João, São Pedro e Santo Antônio.

Segundo o padre Geraldo Francisco da Silva, responsável pela igreja do Santana, a festa Junina, pode ser comparada ao Carnaval: celebrado por ser tradicional, antigamente, era uma festa estritamente religiosa. Com o passar dos tempos a festa tornou-se uma festa mundana.

“A festa junina é uma festa folclórica e tradicional, que visa os costume de uma determinada região. O povo da época era um povo muito fervoroso, e assimilaram a festas com os Santos que são festejados neste mês: São João, Santo Antônio e São Pedro. Hoje essa festa ainda acontece, mas as pessoas já não a fazem pela fé, e sim por ser mais festa popular”, revela o padre, explicando o motivo da festa e relacionando com os dias atuais.

Isabel Antonine é a responsável pela festa junina do jardim Morumbi de Araraquara, que acontece em uma das ruas dos bairro.Ela revela que no ano anterior, somente nas ultimas horas que se lembraram de arrumar o mastro com o desenho de São Pedro

“Este é o segundo ano que fazemos a festa junina na rua, para reunir os amigos, independente de religião, pois nessa rua tem católicos, evangélicos, espíritas e todos participam, porque o principal é a festa e não a religião” revela Isabel.

Segundo ela, este desprendimento com os valores católicos está se tornando comum nas festas Juninas.“No ano passado colocamos somente a imagem de São Pedro no mastro, este ano vamos colocar de Santo Antonio também. É que no ano passado ficamos preocupados com as bandeirinhas, a alimentação, e esquecemos do mastro com a imagem dos Santos”, admitiu Isabel.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI