[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

Em vista das melhorias que estão sendo realizadas na portaria principal da Unidade I da Uniara, alunos, interessados e colaboradores devem utilizar a entrada localizada na Rua Voluntários da Pátria, 1309 (Rua 5).

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Junho é mês de festas e santos juninos

Por: LIVIA RODRIGUES

16/06/2005

O mês de junho é marcado pelas tradicionais festas juninas com queima de fogos, quentão, vinho quente, pé-de-moleque, além da devoção aos santos do mês, Antônio, João e Pedro. A festa recebeu primeiramente o nome de joanina em homenagem a São João.

No dia 13 de junho é relembrada a morte de Santo Antônio. Fernando de Bulhões nasceu em 15 de agosto de 1195 em Lisboa, Portugal. Quando batizado Santo Antônio recebeu o nome de Fernando em homenagem a o tio, que era cônego.

Segundo o padre Marcio André Massola Gaido, responsável pela paróquia de Santo Antônio, no bairro de Vila Pardo em São Carlos, o santo descendia de família nobre e desde a infância se consagrou a virgem Maria.

“Quando entrou para a ordem franciscana, Fernando teve seu nome modificado para Antônio. Quando um jovem entrava nesta ordem ele recebia um outro nome dado pelo seu superior”, afirma padre Marcio.

Santo Antônio teve uma vida curta, morreu antes de completar 36 anos em 1.231. Foi canonizado em 30 de maio de 1.232. Ainda há um outro costume que é muito praticado pela Igreja e pelos fiéis. Todo o dia 13 de junho, as igrejas distribuem aos pobres e afortunados os famosos pãezinhos de Santo Antônio.

A tradição diz que o pão deve ser guardado dentro de uma lata de mantimento, para a garantia de que não faltará comida durante todo o ano.Na paróquia do padre Marcio há a distribuição do pão de Santo Antônio em todas as missas.

Outro santo muito comemorado é São João. Esse santo é o responsável pelo título de "santo festeiro", por isso, no dia 24 de junho, dia do seu nascimento, as festas são recheadas de muita dança, em especial o forró.

No Nordeste do país, existem muitas festas em homenagem a São João, que também é conhecido como protetor dos casados e enfermos, principalmente no que se refere a dores de cabeça e de garganta.

Alguns símbolos são conhecidos por remeterem ao nascimento de São João, como a fogueira, o mastro, os fogos, a capelinha, a palha e o manjericão.

O guardião das portas do céu é também considerado o protetor das viúvas e dos pescadores. São Pedro foi um dos doze apóstolos e o dia 29 de junho foi dedicado a ele. Como o dia 29 também marca o encerramento das comemorações juninas, é nesse dia que há o roubo do mastro de São João, que só será devolvido no final de semana mais próximo.

Como as comemorações juninas perduram alguns dias, as pessoas dizem que no dia de São Pedro já estão muito cansadas e não têm resistência para grandes folias, sendo os fogos e o pau-de-sebo as principais atrações da festa. A fogueira de São Pedro tem forma triangular.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/