Ageuniara

Rapper MV BILL participa de debate em São Carlos

Por: DAVID CHAVES FUGAZZA

20/05/2005

O polêmico rapper carioca MV BILL visitou São Carlos (SP), no dia 14 de de maio. Ele veio à cidade participar das festividades da Semana da Consciência Negra.Na oportunidade, ele concedeu uma entrevista coletiva, para a imprensa, no clube “Flor de Maio”.

BILL destacou o projeto que desenvolve no Rio de Janeiro,chamado Central Única das Favelas(CUFA), que ele desenvolve na Cidade de Deus, onde mora até hoje.

Na entrevista para a imprensa,ele destacou o seu mais recente livro chamado “Cabeça de Porco” , que é um trabalho de pesquisa de nove anos, desenvolvido em parceria com um dos fundadores da “CUFA”, Celso Athayde, relatando a vida de jovens envolvidos no mundo do crime, em vários estados brasileiros.

BILL deixou claro que é contra as cotas dos negros nas universidades públicas. “Mas, neste momento, é a melhor forma de inclusão do povo da periferia para entrar nas universidades”,completou.

Ele falou sobre a importância de se saber usar a mídia para destacar projetos como o CUFA. “Na mídia temos a oportunidade de discursar para milhões de pessoas, portanto não se pode perdê-la, mas para ir à televisão é preciso ter conteúdo para falar, pois lá você passa de questionador para questionado e se você não souber o que falar pode jogar tudo pelos ares” declarou.

O rapper teve muitos convites para ir à televisão , mas só aceitou ir ao programa do Faustão depois de exigir liberdade para falar sobre seus projetos nas favelas. “Não queria ir simplesmente, entrar no palco, cantar uma música e ir embora”.

A entrevista contou com a participação muitos jovens da periferia de São Carlos. “É muito importante a presença dele aqui, pois ele tem um inteligência fora do comum e suas idéias mostram para as crianças mais novas, qual o caminho certo a se seguir” disse o estudante Muriel de Souza, que acompanhou a entrevista de BILL.

O rapper já esteve envolvido em muitas polêmicas.Uma delas,por exemplo, foi quando fez a música e o vídeo clip intitulados “Soldado do Morro”, onde foi acusado de ter feito uma apologia ao crime. Em 1999, após uma apresentação no Free Jazz Festival, tirou a camisa e mostrou uma pistola, gerando indignação de várias pessoas.

Para encerrar sua visita à São Carlos, o rapper fez um show gratuito na praça do Mercado Municipal,área central da cidade, onde contou com a participação de dez grupos de Rap.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/