202101170605

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Paraty reduz preço do ônibus em Matão para combater mototaxistas

Por: MARINA ARAUJO PEREIRA

05/05/2005

A empresa de transporte coletivo Paraty reduziu o valor da passagem do circular da cidade de Matão de R$ 1,70 para R$ 1,00 nos finais de semana. A redução do preço faz parte de uma campanha para limitar a concorrência dos mototaxistas.

A medida foi tomada para incentivar o uso do transporte coletivo nos finais de semana, quando o fluxo de passageiros se reduz em torno de 80%, segundo a empresa. A campanha começou no dia 16 de abril e terminará em 8 de maio. Após essa data a passagem voltará ao valor antigo.

Luciano Abelhanegra, assessor de imprensa da Paraty, disse que na cidade de Matão há muitos mototaxi, o que acaba sendo uma concorrência para a empresa. “Tivemos um aumento de passageiros de aproximadamente 70% nos finais de semana da campanha”, disse Luciano.

Sebastião Moreira, representante do Moto-Taxi União, ponto que fica em frente ao terminal central dos ônibus, confirma o assédio dos mototaxistas aos usuários do transporte coletivo. "Quando vimos que uma pessoa andando em direção ao ponto de ônibus, perguntamos se ela não quer ir de moto. Os argumentos para convencê-la são de o mototáxi chega mais rápido, pára na frente da casa e o preço é quase o mesmo do ônibus, "apenas R$ 2”, diz Moreira.

Jussara da Silva utiliza com freqüência o ônibus para trabalhar e quando perde hora opta pelo mototaxi. Nos finais de semana estava usando o mototáxi mas mudou para o ônibus quando o preço baixou. Mas avisa que não pretende continuar esperando o ônibus passar de hora em hora, quando o preço da passagem voltar ao normal. "Voltarei a utilizar o moto-taxi, a não ser que tenha mais horários de ônibus”, informa.

A empresa não pretende aumentar a frequência dos ônibus nos finais de semana porque o fluxo de passageiros é menor. "Teríamos prejuízo com ônibus circulando vazios pela cidade", disse Abelhanegra, confirmando, também que não houve nenhum prejuízo para a empresa com a redução da passagem nos finais de semana. “Fizemos esta redução para resgatar nossos passageiros; não será possível ser sempre este valor", afirmou.

Mas Abelhanegra não nega que a empresa poderá estudar outras medidas, caso o fluxo de passageiros volte a cair.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI