Ageuniara

Obesidade pode ser epidemia no futuro

Por: VANESSA DE CAMARGO FABOSO

19/11/2004

A obesidade tornou-se uma epidemia, pois muitas pessoas levam um estilo de vida que as fazem ficar obesas, à medida em que se exercitam cada vez menos e ficam viciadas em alimentos sem valor nutritivo.

A perspectiva é a de que a obesidade logo ultrapasse a fome e as doenças infecciosas, transformando-se no problema mais urgente da saúde pública.

O endocrinologista Dr.Haroldo Petlik, de Araraquara (SP) explica que "uma pessoa é considerada obesa quando esta seriamente acima do peso devido ao excesso de gordura corporal. A obesidade também esta relacionada a problemas hereditários e hábitos de vida".

Segundo Dr. Petkik, técnicas sofisticadas são usadas para identificar genes que fazem com que alguns tenham a tendência de ganhar peso e desenvolver doenças como diabetes e hipertensão.

Na linguagem científica 25% a 40% da variabilidade do peso corporal da população ocorre devido aos genes, e 60% ou mais dessa variabilidade pode ser atribuída aos hábitos de vida da pessoa.

"A longo prazo, ingerir calorias em excesso, levar uma vida sedentária, ou mesmo a combinação desses dois fatores, causa a obesidade. Algumas dietas se concentram na eliminação de carboidratos e no aumento de proteínas que ajudam a perder peso.Mas, a longo prazo, podem causar excesso de ferro no sangue, problemas renais e prisão de ventre", alerte o médico.

No esforço de perder peso e evitar que se engorde novamente no futuro, algumas pessoas decidem pela cirurgia. Neide Claro Dias, de 45 anos e 1,50 metro fez cirurgia de redução do estômago, há três anos, pois sofria de obesidade mórbida.

A cirurgia, foi indicada devido a problemas de hipertensão, diabete e hipotireiodismo. Neide chegou a pesar 123 quilos e hoje mantém um peso de 63 quilos, que são controlados por caminhadas diárias.

"Ainda não estou no peso ideal, mas só de não sofrer de ansiedade, um dos sintomas causado após a cirurgia, fico feliz", comenta.

"Os exercícios são de fundamental importância para manter-se saudável, cerca de 30 minutos de exercícios diários podem ser muito benéficos.Visto que o exercício queima calorias e ajudam a evitar problemas sérios no futuro", diz Neide.

"Controlar o peso não é impossível, nem necessariamente significa privação ou dietas maçantes e repetitivas, com esforço consciente e criatividade, muitas pessoas conseguem controlar muito bem seu peso por bastante tempo seguindo uma dieta agradável, mas moderada, finaliza Dr. Petlik.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/