Ageuniara

Artistas plásticos apresentam trabalho em Araraquara

Por: NAIARA DUARTE

19/11/2004

A prefeitura de Araraquara(SP), por meio da Secretária Municipal e Fundart, apresentam, no período de 15 à 30 de novembro, a exposição dos artistas plásticos Francisco Amêndola e de sua sobrinha Sônia Maria Rodella Andrade. Serão expostos 23 quadros, na exposição, sendo 10 de Francisco e 20 de Sônia.

Amêndola nasceu em Ibitinga(SP), na fazenda "São José da Figueira" e em 1938, foi para Campinas, estudar no Ateneu Paulista."Era em internato de fama e foi uma espécie de exílio, principalmente para mim que tinha vivido tanto em contato com a natureza, em liberdade. As regras do ginásio eram um confronto existencial", conta Amêndola.

O artista plástico viveu em Campinas por três anos, desenvolvendo aptidões esportivas e cultivando a lireratura. "Era um romântico, embora o desenho fizesse parte de mim, marca registrada. A ilusão do urbano, aos poucos, tomou conta de minha juventude, e a descoberta do sexo, o conhecimento, a arte, a história, começam a forjar minha caminhada", comenta

Em 1941, transferiu-se para Araraquara, para o Colégio Estadual e em 1950 se formava na Faculdade de Belas Artes. "Fui aluno de professores legendários, que marcaram época, como Machadinho, Jurandir Gonçalves, Victor Lacorte, Carvalhosa e Walter Mauro", recorda-se.

Tempos depois, o menino do interior, ganhou o prêmio de pintura no "XV Salão de Belas Artes de Araraquara" e em seguida mudou-se para Ribeirão Preto(SP), definitivamente. "Ribeirão tinha assimilado bem a herança Araraquarense. Enquanto a Belas Artes de Araraquara estagnava, a outra se projetava. Em Ribeirão enfrentamos o mesmo preconceito contra a pintura moderna. Nossas primeiras mostras tiveram uma repercussão cheia de gozação e ironias. Depois foi mudando. É a educação pela arte",diz Amêndola.

Sônia Maria Rodella Andrade nasceu em Araraquara e também estudou na Escola de Belas Artes de 1962 à 1964. Atualmente reside em Ribeirão Preto e cursa Aperfeiçoamento em Historia da Arte, na Fundação Armando Álvares Penteado(FAAP).

A técnica utilizada por Sônia se faz a partir de tinta a óleo sobre tela e colagens bastante visíveis em elaborações onde se evidencia a influência do Cubismo Figurativo e Abstrato. "Também presto serviços de decoração de interiores e layout para empresas", conta Sônia.

A artista plástica participou, este ano, da "3ª Bienal de Arte e Cultura" de Jaboticabal(SP), e da "XXIX Semana de Portinari", em Bradoski(SP).

O evento dos artistas acontece na Pinacoteca, "Mário Ybarra de Almeida", no piso Térreo da Casa da Cultura "Luiz Antonio Martinez Corrêa", com a entrada franca.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/