Ageuniara

Fim da Safra gera desemprego em Ibaté

Por: MELINA VEZZANI JACINTO

19/11/2004

Moradores de Ibaté (SP) ficaram desempregados com o final da safra de cana-de-açúcar da agroindústria do Grupo Cosan. Muitos passam por necessidades, pois não conseguem arrumar outro emprego.

De acordo com Marcelo Nicolete, que trabalha na agroindústria, a safra de cana-de-açúcar começa todos os anos, no mês de maio e vai até o mês de novembro. E no período em que a safra acaba os trabalhadores enfrentam diifuldades.

"É difícil a gente arrumar emprego quando a safra termina porque a parada só dura seis meses depois a safra começa novamente e as pessoas não querem dar emprego só para trabalharmos durante esse período", diz.

Não são apenas os moradores de Ibaté que ficam desempregados com o final da safra, mas também os de outros estados.

Segundo Wanderson André de Almeida, que trabalha no corte de cana, durante a safra de cana-de-açúcar ele fica alojado em uma das fazendas do grupo Cosan e com o termino ele volta para Minas Gerais que é sua região de origem.

“Passo por muitas dificuldades com minha família, a gente chega passar fome, porque na minha cidade de origem não é fácil conseguir emprego e quando se consegue o salário é pouco”, diz. Na agroindústria Cosan, filial de Ibaté, trabalham cerca de 1600 pessoas e quando a safra termina a maioria dessas pessoas são dispensadas.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/