Ageuniara

Hospital de Olhos enfrenta problemas financeiros

Por: ALAN JONAS SCHNEIDER

11/11/2004

O ex-presidente do Lions Clube de Taquaritinga (SP) e do Hospital de Olhos "Manoel Dante Buscardi (HO)", Carlos Alberto Grigolli, declarou, esta semana, temer pelo futuro do hospital. "Está complicado, estamos preocupados”, disse.

A afirmação foi feita durante reunião com o governador do Distrito LC6, Antonio Paulo Caliento, de Ribeirão Preto (SP).

A entidade precisa de R$ 100 mil para sair do vermelho e afastar a possibilidade de paralisar as atividades.De acordo com Grigolli, desde 1999 o hospital conseguiu aprovação de uma diretriz que regulamenta a participação dos 70 clubes do distrito na captação de recursos.

São mais de 1.700 sócios. “Hoje o hospital é inviável porque até agora nada foi cumprido”, afirmou. O Lions de Taquaritinga é o único a administrar um hospital especializado na visão.

O encontro aconteceu na ala de atendimento ao público do HO, com a presença de diretores e conselheiros. O atual presidente do HO, José Vagner Carqui, relatou ao governador, baseado em planilhas mensais, a situação da entidade.

“Apresentamos déficit mensal de R$ 22 mil. Precisamos de ajuda,” enfatizou. Os gastos da entidade com a manutenção das instalações, compra de medicação e materiais cirúrgicos, pagamento de médicos e transporte, ultrapassam R$ 60 mil a cada mês.

“Em outubro, por exemplo, o Lions de Monte Alto nos ajudou com R$ 2 mil”, contou.O coordenador-geral do Distrito LC6, Osvaldecir Aparecido Roque, que acompanhou o governador, avaliou as condições: “O problema será atingir R$ 100 mil, e daí criar um fundo de reserva para não enfrentarmos novas dificuldades”, sugeriu.

Ao seu lado na mesa de reunião, Caliento prometeu empenho na realização de campanhas em pról do HO. “Dinheiro não temos, o que podemos fazer é dar dedicação total para que esse importante trabalho não se acabe”, disse.

No final, a coordenação do Distrito aprovou a sugestão apresentada pelo presidente do Lions, João Donizete Furtado. Ficou marcado para maio, do próximo ano, o sorteio de um automóvel zero quilômetro entre os clubes.

“Todo hospital que é coberto pelo SUS (Sistema Único de Saúde) passa por dificuldades. Se cada Lions fizer uma campanha poderemos melhorar nossa situação,” avaliou.

O Hospital de Olhos foi inaugurado em 1996, com a presença do então ministro da Saúde, Adib Jatene. Apesar da crise, a pior de todos os tempos, o atendimento continua a ser realizado normalmente, de segunda à sexta-feira.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/