202010011409

mostrar mensagem ]

AVISO DE PRIVACIDADE

A proteção dos seus dados pessoais é importante para nós. Adotamos as melhores técnicas para deixar esse site seguro. Estamos atualizando nossa política de privacidade e termos de uso do site. Em breve, ela estará aqui para você saber o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

TPM atinge 90% das mulheres no Brasil

Por: FLAVIA REGINA HASILER

05/05/2004

A Tensão Pré-Menstrual(TPM) atinge cerca de 90% das mulheres no Brasil entre 14 e 50 anos, no período de 1 à 15 dias antes da menstruação. A informação é da ginecologista Dra.Maria Dulce de Almeida

Esta tensão é causada pelo desequilíbrio hormonal feminino, estimulado por fatores ambientais e emocionais que possam interferir no desequilíbrio do organismo como um todo.

Os sintomas mais comuns da TPM são dores de cabeça, dores nas mamas e nas costas, depressão, insônia, acne, irritabilidade e mudança de humor.

Devido a mudança fácil de humor, a TPM passou a ser um problema para as pessoas que convivem em casa e no trabalho com as mulheres que sofrem este mal.

Segundo a ginecologista, para as pessoas que acompanham o problema de perto, o melhor a fazer, é ter paciência e se o caso for grave incentivar a vítima da TPM a procurar ajuda médica.

Isabel Barbosa chegou a ter depressão por causa da TPM e procurou ajuda médica. Fez um tratamento adequado para o seu caso e conseguiu se livrar do problema. "Hoje sou outra pessoa" afirma Isabel.

Neste período crítico as mulheres devem amenizar a TPM praticando exercícios, ter uma alimentação equilibrada, e caprichar no visual para levantar a auto-estima.

Mas se os sintomas da TPM se agravarem a Dra. Maria Dulce aconselha: "Procure um médico, porque assim ele saberá qual o tratamento adequado para cada caso".

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/