202101190941

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Baixa umidade do ar coloca São Carlos em estado de alerta

Por: ÉVELIN DE CÁSSIA CORRÊA NOGUEIRA

26/09/2017

O calor intenso, a baixa umidade do ar e as variações bruscas de temperatura, mais a fumaça ocasionada pelas queimadas rurais e urbanas são fatores que fazem aumentar a procura da população pelas unidades de saúde em virtude de doenças como asma, laringite, amigdalite, além de rotavírus e bronquite.

Em São Carlos (SP) e região, a situação é a mesma, as queimadas têm aumentado cada vez mais devido à temperatura do ar muito alta e a umidade muito baixa. O grande problema dos incêndios é que não só destroem as matas e locais de acesso da população, mas também causam dificuldade para quem tem problemas respiratórios.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é ideial que a umidade varie entre 50 a 80%. No entanto, a falta de chuva tem aumentado essas temperaturas e, o psicrômetro ou termo-higrômetro, aparelho que mede a umidade do ar, indicou apenas 13% da umidade, o que significa uma situação alarmante na cidade. 

 "O principal problema das queimadas é que elas podem acabar com a biodiversidade, matando plantas, animais e os microorganismos fundamentais para o equilíbrio ecológico, além dos problemas com a saúde humana", opina Gabriel Andrade Souza, que é de São Carlos.

"A gente passa de carro e vê queimadas em vários locais nessa época do ano. É importante reforçar o cuidado com as crianças. A exposição causa várias doenças. E as crianças pequenas, que não sabem expelir secreções, correm o risco de desenvolver um quadro até de pneumonia", comenta ele que cursa o quinto ano de Medicina em Ribeirão Preto (SP).

O chefe de gabinete da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Pedro Caballero, comenta sobre a baixa umidade do ar: "É importante que as pessoas estejam em locais com umidificador, usem toalhas molhadas , e apliquem soro no nariz, tudo isso para uma melhor adaptação à baixa umidade do ambiente."

"A orientação é que as pessoas evitem qualquer tipo de fogo nessa época do ano. E, todos que virem esse tipo de coisa acontecendo, devem imediatamente denunciar no departamento da Secretaria do Meio Ambiente do município, que ajudará a combater esses focos de incêndio. Nós, da Defesa Civil, e o Corpo de Bombeiros, pedimos a colaboração dos munícipes para que evitem esse tipo de situação, pois a cidade apresenta um quadro preocupante na saúde", afirma Caballero.

Publicada em 26/9/2017 às 21h20.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI