Ageuniara

Jovens enfrentam dificuldades para ingressar no mercado de trabalho

Por: CAROLINA GOMES DE FARIA

27/03/2017

Com a crise financeira, que o Brasil está passando, muitas pessoas não conseguem ingressar na área de trabalho e quem tem sofrido muito com isso  são os jovens. Segundo a PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) trimestral do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego no 3º trimestre de 2016, entre os jovens de 18 a 24 anos, foi de 25,7%, maior do que a média nacional, que foi de 11,8%.

Segundo a profissional de Recursos Humanos, Giovana Pacini, e o professor de Economia da Universidade de Araraquara (UNIARA), Sandro Gonçalves, isso se dá pelo fato da exigência de experiência, algo que não é tão bem adquirido nas instituições de ensino, pelo fato de estas focarem mais no ensino teórico. Gonçalves ainda diz que há um certo receio por parte das empresas na contratação de jovens pelo comportamento dos mesmos.

A estudante de jornalismo Naira Suélen de Moraes, que já é formada em Publicidade e Propaganda, está desempregada há quase um ano. Segundo ela, a maior dificuldade que tem encontrado é o fato de a área de sua formação não ser tão ampla em sua cidade, Ibitinga (SP). Por estar cursando Jornalismo, em Araraquara (SP), não tem como mudar de cidade para procurar emprego na sua área de formação. Enquanto isso, a estudante faz Freelancer, bonecos de feltro, bico em uma loja para poder ter seu próprio dinheiro.

O professor Gonçalves ainda explica que com a contração econômica, há queda no consumo e, com isso, as empresas precisam reduzir custos, o que faz com que diminuam o quadro de funcionários, já que o gasto de um funcionário não se dá somente pelo salário, mas também pelos encargos trabalhistas (FGTS e 13º, principalmente)

Segundo ele, a expectativa é a de que em 2017 o Brasil retorne a crescer. Esta previsão vem desde 2015, porém, desde então, ocorre deteriorização das expectativas. Em 2015 previa-se um aumento de 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB), para esse ano, atualmente essa previsão é de 0,5%.

Sandro e Giovana finalizam aconselhando os jovens a se qualificarem constantemente, fazer vários cursos, especializações, e buscar conhecimento sempre, pois o mercado de trabalho carece de profissionais qualificados.

Publicada em 28/03/2017 às 21h59.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/