Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Química Medicinal

Linhas de Pesquisa

O Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Química Medicinal encontra-se estruturado em duas linhas centrais de pesquisa:

1.MEDICINA REGENERATIVA E ENGENHARIA DE TECIDOS

Esta linha de pesquisa inovadora visa a contribuir com os avanços técnico-científicos e mercadológicos relacionados às estratégias terapêuticas, adotadas pela Medicina Regenerativa, aplicadas à reconstituição do tecido epitelial e do sistema musculoesquelético. Nas pesquisas desenvolvidas nesta linha serão exploradas as fases de planejamento de produtos (estabelecendo interface com empreendedorismo, inovação e estratégias de planejamento de projetos e produtos); desenvolvimento, aprimoramento, viabilização clínica e testes pré-clínicos (in vitro e in vivo) dos suportes bioativos produzidos para determinação e caracterização da função de suporte; sistema de liberação controlada de fármacos e peptídeos e sistemas de suporte, transporte e disponibilização celular. Compete ainda a esta linha o desenvolvimento de projetos envolvendo ferramentas de tecnologia do DNA recombinante, biologia celular e molecular relacionados às técnicas de extração de fatores de crescimento autólogos; sistemas biológicos de produção de peptídeos recombinantes (fatores de crescimento heterólogos) e utilização de cultura de células (linhagens) e células-tronco mesenquimais humanas (células-tronco derivadas de tecido adiposo e células-tronco derivadas de medula óssea, células-tronco derivadas da Bursa subacromial) direcionadas ao reparo epitelial, osteocondral, tendíneo e muscular.

2.QUÍMICA MEDICINAL E BIOPOLÍMEROS

A linha de pesquisa em Química Medicinal e Biopolímeros compõe um segmento de pesquisa amplo e emergente, direcionado, em especial, à Química Bioinorgânica e à Farmacologia. A Química Medicinal tem como objetivos centrais o planejamento, avaliação e síntese de novos fármacos, com base em química de coordenação para a produção de complexos metálicos com ligantes bioativos naturais, semissintéticos e sintéticos, com o uso de modelagem molecular ou não. Esta linha também tem como objetivo o estudo dos processos farmacocinéticos de absorção, distribuição, biotransformação e eliminação, e farmacodinâmicos, incluindo o seu mecanismo de ação geral e molecular e a construção de uma relação entre estrutura molecular e atividade farmacológica em seu aspecto qualitativo e quantitativo. A Química de Biopolímeros se destina à síntese de biomateriais derivados de polímeros naturais, como a celulose bacteriana, síntese de nanocompostos e dispositivos biológicos e tecnológicos, que podem ser utilizados como suporte de liberação controlada de fármacos e outras biomoléculas, como fatores de crescimento, constituindo uma interessante interface com a linha de pesquisa em Química Medicinal e Engenharia de Produção. Nas pesquisas desenvolvidas nesta linha, serão exploradas as fases de planejamento de produtos (estabelecendo interface com empreendedorismo, inovação e estratégias de planejamento de projetos e produtos), síntese de biopolímeros com potencial capacidade de funcionamento como suportes bioativos naturais, semissintéticos e sintéticos com uso potencial finalidade de suporte, sistema de liberação controlada de fármacos e insumos bioativos ou sistemas de transporte e disponibilização celular. Esta linha também se destina à síntese de novos complexos metálicos com potencial aplicação na terapia da dor e inflamação, terapia antimicrobiana, antiviral e antitumoral, associada ou não aos sistemas de liberação.

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ppg/biotecnologia-medicina-regenerativa-quimica-medicinal/sobre/linhas-pesquisa/