Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Química Medicinal

Inserção Social

INSERÇÃO E IMPACTO REGIONAL DO PROGRAMA:

O Programa de Pós-graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Química Medicinal da Uniara (PPGB-MRQM/UNIARA) almeja fortalecer os aspectos científicos e tecnológicos na interface entre a Biotecnologia e as áreas de Medicina e Saúde, com elevado potencial de geração de conhecimentos, informações, produtos e técnicas que podem melhorar a qualidade de vida da população, independentemente dos níveis de circunscrição político-administrativa (regional, estadual ou federal).

Araraquara se localiza no interior do estado de São Paulo, um reconhecido e rico polo de formação de profissionais das áreas das Ciências Biológicas e Ciências da Saúde. Conta com inúmeras e renomadas IES, de caráter público (UNESP, USP, UNICAMP, UNIFESP e UFSCar) e privado (UNIARA, UNAERP, Barão de Mauá, UNIMEP, PUC, entre outras) que disponibilizam cursos de graduação em cursos como Biologia, Biomedicina, Enfermagem, Engenharia Biomédica, Farmácia, Física Médica, Fisioterapia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Terapia Ocupacional. Além da formação de profissionais com competências e habilidades para o exercício clínico e de suporte técnico-científico, estas IES, em especial as públicas, desenvolvem, por meio de atividades em nível de graduação e pós-graduação, pesquisas científicas de elevado nível e que contribuem com o avanço técnico-científico de cada uma destas profissões.

O PPGB-MRQM foi idealizado considerando a percepção da necessidade de expansão de núcleos de pesquisa especializados no desenvolvimento técnico-científico nas áreas de Medicina Regenerativa e Química Medicinal. Como benefício adicional foi considerada a potencialidade de estabelecimento de cooperação de pesquisa com os centros avançados em áreas afins localizados em Araraquara e nas demais cidades do Estado de São Paulo.

A Medicina Regenerativa representa uma área de pesquisa emergente e extremamente promissora, com fortes indícios de poder revolucionar as estratégias e os resultados de tratamento de inúmeras patologias, nas mais diversas especialidades médicas. O desenvolvimento de métodos e produtos biotecnológicos resultantes das pesquisas no PPGB-MRQM poderão contribuir de forma contundente com os avanços científicos e, futuramente, com abordagens terapêuticas que ampliem o arsenal terapêutico. O PPGB-MRQM conta com os laboratórios de cultura de células, de biomateriais, de biologia molecular e biotério que já viabilizam o desenvolvimento de pesquisas experimentais (in vitro e in vivo) nas áreas de terapia celular, terapia por biomoléculas autólogas e recombinantes (fatores de crescimento e moléculas de sinalização celular) e construção de suportes bioativos e celularizado para reparo tecidual do sistema musculoesquelético. Ressalta-se que estas abordagens são ainda muito pouco difundidas dentro dos cursos de graduação dos cursos das ciências da saúde em todo o território nacional. Ainda na área de Medicina Regenerativa, pesquisas na área de membranas de celulose bacteriana, utilizadas como dispositivos de liberação de fármacos ou substitutos temporários de pele, e de recursos eletrofísicos bioestimulantes, tal como a fototerapia por Laser e LED, apresentam grande potencial para a realização de pesquisas clínicas controladas. Acreditamos, em breve, poder contribuir, de forma efetiva, com o avanço das modalidades terapêuticas destinadas ao tratamento de várias patologias e a melhoria da qualidade de vida da população.

A química medicinal também destaca como uma área de pesquisa emergente e extremamente promissora, com reconhecido papel central no processo de planejamento e desenvolvimento de fármacos, tendo como característica relevante seu caráter inter e multidisciplinar, abrangendo diversas especialidades, tais como Química Orgânica, Bioquímica, Farmacologia, Bioinformática, Biologia Celular e Molecular e Estrutural, entre outras. De acordo com a União Internacional de Química Pura e Aplicada (da sigla inglesa IUPAC - International Union of Pure and Applied Chemistry), a Química Medicinal é uma área da Química que envolve o planejamento, a identificação, a síntese, a interpretação do mecanismo de ação molecular e a aplicação biológica de compostos biologicamente ativos. Além da descoberta de moléculas bioativas, a Química Medicinal também incorpora os estudos do metabolismo e das relações entre a estrutura química e atividade. Desta forma, torna-se claro o estabelecimento de interfaces fundamentais entre as ciências químicas, biológicas, farmacêuticas, médicas, físicas e computacionais.

Em relação às pesquisas na área de Química Medicinal e Medicina Regenerativa desenvolvidas no PPGB-MRQM, já foram estabelecidas parcerias de pesquisa com instituições em nível regional e estadual, viabilizando diversos projetos envolvendo os alunos de graduação e pós-graduação tanto da Uniara como das instituições parceiras.

A existência de um curso de medicina na Uniara, assim como os cursos de instituições públicas próximas (UFSCar em São Carlos, USP em Ribeirão Preto, FAMEMA em Marília, UNESP Botucatu, FAMERP em Rio Preto, UNICAMP em Campinas, UNIFESP e USP em São Paulo), contribui de forma favorável com a possibilidade de estabelecimento de parcerias científicas interinstitucionais, ampliando a potencialidade de demanda científica, técnica e de mão de obra para o desenvolvimento das pesquisas pelo PPGB-MRQM, e a adoção de estratégias que permitam difundir amplamente a medicina regenerativa nos cursos de formação básica em Medicina e saúde em todo o estado. Um exemplo desta potencialidade foi um projeto desenvolvido entre o Curso de Medicina da Uniara, o Núcleo de Tecnologias Tridimensionais da Uniara (NUT-3D/UNIARA) vinculado ao PPGB-MRQM e o Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer de Campinas (Centro de Pesquisa atrelado ao MCTI). Este projeto permitiu o estudo, planejamento e execução de um biomodelo impresso, utilizando as tecnologias tridimensionais, para o planejamento cirúrgico pré-operatório de uma paciente que seria submetida a cirurgia corretiva ortopédica do joelho após acidente automobilístico. O objetivo deste núcleo (NUT-3D/UNIARA) é ampliar a utilização das tecnologias tridimensionais em medicina, contribuindo com o avanço tecnológico, com a formação profissional atualizada dos médicos e com a rápida disponibilização desta tecnologia aos pacientes da rede pública de saúde.

AÇÕES EMPREENDEDORAS

Núcleo de Inovação e Desenvolvimento de Produtos Biotecnológicos e interação universidade/empresa.

O desenvolvimento tecnológico não é fruto da ação individualizada das empresas, especialmente quando falamos de empresas da área de biotecnologia. O apoio e parceria de instituições de pesquisa e ensino são estratégicos para que essas empresas alcancem competitividade e competência. A região de Araraquara e São Carlos tem mostrado um grande potencial para abrigar empresas de base tecnológica e é neste nicho que o Núcleo de Inovação e Desenvolvimento de Produtos Biotecnológicos - NIDPBio/UNIARA espera proporcionar maior contribuição, fornecendo oportunidades de capacitação de recursos humanos na área de gestão da inovação além de ações que favoreçam o empreendedorismo.

O foco de trabalho do Núcleo é a área de Biotecnologia, particularmente em Medicina e saúde humana. Esperamos criar oportunidades para profissionais de diversas áreas de atuação, seja em pesquisa acadêmica ou industrial, seja no desenvolvimento de novos produtos. As universidades localizadas na região, que são grandes produtoras de conhecimento, além de fomentar a produção de patentes e de artigos científicos, também têm buscado a aproximação com o setor privado ou institutos públicos. O Núcleo deve atuar como elo entre estes atores, estimulando e criando novas oportunidades para pesquisadores e empresários.

O NIDPBio/UNIARA, sediado no Parque Eco Tecnológico Dahma, no Centro de Inovação - INOVA, na cidade de São Carlos. O núcleo tem como missão apoiar o desenvolvimento de projetos de produtos biotecnológicos inovadores, promover a articulação de parcerias empreendedoras, promover a transferência de tecnologia, visando a potencializar a produção técnica, científica e tecnológica, para aprimorar a capacitação e competência na área de Biotecnologia. O núcleo representa importante papel na estratégia do PPGB-MRQM de aproximação das empresas de biotecnologia com projetos de pesquisa que proporcionem o estabelecimento de um modelo eficiente e consolidado de interação universidade/empresa, gerando benefícios múltiplos e mútuos para a área de pós-graduação em Biotecnologia, para as empresas deste setor e para o país, considerando seu interesse na obtenção de um setor produtivo robusto, competitivo e lucrativo na referida área.

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ppg/biotecnologia-medicina-regenerativa-quimica-medicinal/sobre/insercao-social/