História

A criação do Parque do Basalto

Desde 1996, a Uniara desenvolve projetos de pesquisa e extensão apoiados na área temática "Meio Ambiente e Região de Araraquara", e contribui para o melhor conhecimento e divulgação das características socioeconômicas, culturais, históricas e ambientais da região de Araraquara.

Em 6 de janeiro de 1998, o Prof. Dr. Luiz Felipe Cabral Mauro, reitor da Uniara, aprovou o envio, ao então prefeito Waldemar De Santi, de uma solicitação para a cessão de área da antiga Pedreira Santo Antônio, desativada há muitos anos, para instalação do Parque do Basalto.

Em 19 de março de 1998, foi aprovada a "concessão de uso administrativo de área de terras pertencentes ao município, pelo prazo de 20 anos, com o objetivo da criação, implantação e manutenção do Parque Ecológico do Basalto".

A cessão da área a Uniara foi oficializada no dia 5 de junho de 1998, "Dia Mundial do Meio Ambiente”, e no dia 12 de outubro de 2000 a Instituição de ensino inaugurou oficialmente o local, depois de iniciar a execução de um plano de recuperação do parque, com espaços para o turismo, ecologia, educação ambiental, lazer, além da reserva para pesquisas.

Com a plantação de dezenas de espécies vegetais, criação de mirantes e quiosques e manejo adequado das águas que passam pelo local, o Parque do Basalto tornou-se um local propício para o turismo e a pesquisa.

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N