Notícias

Verão pode ser aliado na busca pela alimentação saudável

Publicado em: 05/01/2018

As comemorações de fim de ano ficaram para trás e, junto com elas, o exagero na ‘comilança’, muitas vezes composta por alimentos não saudáveis. A tendência, agora, é reverter a situação, sendo que, no verão, segundo a professora do curso de Nutrição da Universidade de Araraquara – Uniara, Patrícia Meciano Simone Barreto, a boa alimentação é mais comum, “pois as pessoas estão mais preocupadas com o corpo, porém, o cuidado com a saúde deve estar presente sempre”.

Ela aponta que a estação mais quente do ano é uma aliada, “pois, com o calor, preferimos alimentos frios, e as tão nutritivas e saudáveis saladas aparecem como preferência entre a maioria das pessoas”. Contudo, a docente alerta para não exagerar nos alimentos ricos em calorias, como batatas, mandiocas e pães, além dos molhos que, habitualmente, são ricos em gorduras. “Além disso, a diversidade de ingredientes para a variação das saladas é muito grande e, assim, conseguimos evitar a monotonia”, completa.

Como sugestão, Patricia indica uma salada saudável que poderia substituir uma refeição como o jantar, “e que fica muito saborosa”: alface, rúcula, repolho roxo picado, tomate em rodelas, cenoura ralada, queijo branco, atum, torradas integrais, molho de iogurte com mostarda e azeite.

Por vezes, é no verão que as pessoas começam a fazer exercícios físicos e, para quem objetiva conseguir massa muscular, o açaí é uma boa pedida, de acordo com Patrícia. “É um fruto saboroso e rico em nutrientes, adicionado a alimentos integrais como xarope de guaraná, aveia, sorvete, mel e granola. Proporciona muitos benefícios ao nosso organismo, destacando-se os poderes de reposição energética, combate à fadiga e aumento do rendimento em exercícios físicos, auxílio na regulação da função intestinal, combate ao envelhecimento e aos radicais livres, prevenção de certos tipos de câncer e de anemia ferropriva (deficiência em ferro), e fortalecimento muscular”, detalha.

A ingestão de açaí, no entanto, deve ser controlada, especialmente por aqueles que desejam reduzir seu peso e também, por exemplo, por atletas que lutam em categorias por pesagem (artes marciais), bailarinas e ginastas, como explica a professora. “O açaí possui alto valor calórico, que pode interferir de forma negativa no processo de emagrecimento ou favorecer o ganho de peso, quando consumido em excesso. Outro erro comum é a ingestão do açaí minutos antes do exercício físico, pois, por sobrecarregar o processo digestório, pode levar a desconfortos gastrointestinais e interferir no rendimento durante os treinos ou na competição propriamente dita. O ideal para evitar efeitos indesejáveis é a sua ingestão após o treino”, aconselha.

Já a banana é uma boa fonte de energia rápida, segundo ela. “É essencial para o esporte e contém potássio, que evita a fadiga e a câimbra muscular. Também é rica em vitaminas do complexo B, responsáveis pela renovação celular e dos músculos. É de boa aceitação, fácil de ser transportada e muito saborosa”, comenta.

Além disso, a banana pode auxiliar no emagrecimento, “pois contém fibras que contribuem para o funcionamento intestinal, tem baixo teor de gordura, é rica em outras vitaminas, como A, C, D e E, e também conta com importantes minerais, como fósforo, cálcio e ferro”.

Patrícia explica que, de maneira geral, os alimentos fornecem carboidratos, proteínas, gorduras, minerais, vitaminas e água, necessários à vida, e cada nutriente desempenha um papel específico no corpo. “Quando um ou mais deles apresentam excesso ou deficiência, uma função essencial não se realizará adequadamente. Por isso é necessário o equilíbrio entre o consumo de alimentos, que fornecem combustível para o corpo, como os carboidratos e lipídeos, que abastecem substratos para a construção e reparo de tecidos, as proteínas e aqueles que regulam todas essas reações, as vitaminas e os sais minerais”, diz.

Ela enfatiza que a alimentação saudável é sinônimo de equilíbrio entre o que é ingerido e sua quantidade. “Por isso o segredo é comer bem, adequadamente, e abusar de pratos preparados de forma saudável”, finaliza.

Informações sobre o curso de Nutrição da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.



Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /