Notícias

NUPEDOR da Uniara conta com frente na qual assentadas produzem e comercializam ervas medicinais e temperos

Publicado em: 05/01/2018

O Núcleo de Pesquisa em Desenvolvimento e Documentação Rural – NUPEDOR e o Núcleo de Estudos e Extensão em Agroecologia – NEEA da Universidade de Araraquara – Uniara, vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente – PPG-DTMA da instituição, contam com diferentes frentes de trabalho como proposta agroecológica para a agricultura familiar da região central do estado de São Paulo. Uma delas é a Frente Plantas Medicinais, na qual mulheres do assentamento Monte Alegre produzem e comercializam produtos como ervas medicinais e temperos.

O pesquisador do NUPEDOR e doutorando do PPG-DTMA, César Giordano, conta que o projeto teve início após pesquisas feitas em diferentes assentamentos. “Começamos a identificar os quintais dos lotes e constatamos que havia uma diversidade muito grande, principalmente de árvores frutíferas, temperos e ervas, plantados próximos às casas, para o autoconsumo da família”, relembra ele, mencionando que, além de esses quintais serem manejados de forma agroecológica – “pois não é utilizado nenhum tipo de fertilizante químico e nem agrotóxico” -, os espaços são conduzidos, prioritariamente, por mulheres. “Assim, começamos um trabalho com moradoras do assentamento Monte Alegre para avançarem na produção dessas ervas e desses temperos, processarem e comercializarem isso. Foi nossa intervenção enquanto universidade”, explica.

Após um mapeamento dessas experiências, identificando nos quintais agroecológicos o quê e como era produzido, e para quais finalidades, o pesquisador menciona que foi feito um trabalho com as mulheres interessadas na oportunidade, que já tinham sua produção. “Ministramos cursos de capacitação para manejo agroecológico, como de produção de caldas, biofertilizantes e outras formas de produção alternativas orgânicas”, comenta.

Para a iniciativa, foi instalada uma máquina de secagem de ervas no assentamento, adquirida por meio de um antigo projeto do NUPEDOR. “Inicialmente, toda essa atividade das mulheres era vinculada a uma cooperativa, porém, mais tarde, o grupo se tornou independente e criou um novo, o Mega Cheiro, que produz, hoje, principalmente temperos. Depois, eles são processados e secados na máquina e, então as integrantes os embalam e os comercializam com essa marca, em diversos locais, e até em alguns mercados”, destaca Giordano.

As perspectivas para a Frente Plantas Medicinais são boas, segundo ele. “A ideia é ampliar esse processamento para outros produtos, como frutas desidratadas, como abacaxi e banana”, finaliza.

Mais informações sobre o NUPEDOR e seus projetos podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br/nupedor.



Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /