Disciplina

Professor responsável

Fabricio José Mazocco

Ementa

A especialização jornalística em ciências. Teoria e prática de divulgação científica. O campo científico: métodos de investigação e condicionamentos sociais. Pesquisa e captação de informações científicas. Redação e edição de textos de divulgação. Modelos editoriais brasileiros, norte-americanos e europeus. Campos de atuação profissional.

Objetivos

Capacitar estudantes de jornalismo para atuação especializada na área de divulgação científica. Desenvolver técnicas de apuração e transmissão de informações científica a partir das lógicas jornalísticas. Apresentar conceitos e práticas fundamentais relacionados à atividade científica. Desenvolver um produto original em jornalismo científico, explorando a produção de universidades e centros de pesquisa da região.

Justificativa

A especialização apresenta-se como tendência de atuação profissional no mercado jornalístico. A segmentação do público leitor leva ao surgimento de publicações que buscam atender necessidades e interesses específicos. Nesse mercado, exige-se, porém, qualificação profissional. Nesse sentido, a disciplina de Jornalismo Científico tem a função de preparar estudantes para atuação em um mercado que cresce na região de Araraquara, que abriga diversas universidades, centros de pesquisa e empresas tecnológicas.

Conteúdo resumido

  1. Jornalismo científico: um panorama
    1. Publicações especializadas
    2. Editorias em jornais impressos
    3. Veículos e assessorias regionais
    4. Divulgações em outras mídias
  2. O campo científico: a fonte de informação
    1. Teorias da atividade científica
    2. Método e processos de pesquisa
    3. Ciência básica e aplicação tecnológica
    4. Cientistas: perfil sócio-linguístico
    5. Instituições acadêmicas
    6. Laboratórios de pesquisa
  3. Teoria e prática de jornalismo científico
    1. Atribuição de interesse jornalístico
    2. Descrição de processos e resultados de pesquisa
    3. Atribuição de significado de valor
  4. Outros pontos de discussão
    1. Funções do jornalismo científico
    2. Sigilo e direito sobre informações
    3. Relação entre cientistas e jornalistas

Bibliografia

BOURDIEU, Pierre. O campo científico. In: ORTIZ, Renato (Org.). Pierre Bourdieu: Sociologia. São Paulo: Ática, 1983. p.122-155.

BUENO, Wilson a Costa. Decifrando o DNA da divulgação científica. In: ENCONTRO BRASIL-GRÃ-BRETANHA SOBRE PLANTAS TRANSGÊNICAS: CIÊNCIA E COMUNICAÇÃO, 1. Anais... Curitiba : Governo do Paraná/The British Council/CIPAR, 2001.

BURKET, Warren. Jornalismo Científico. Rio de Janeiro, Forense Universitária, 1990.

CALVO HERNANDO, Manuel. El novo periodismo de la ciencia. Quito, Equador, Ediciones Ciespal, 1999.

FOUREZ, Gerard. A construção das ciências: introdução à Filosofia e à Ética das ciências. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1995.

FRIEDMAN, Sharon et alii. Scientists and journalists. Reporting science as news. Washington : American Association for the Advancement of Science, 1986.

NÓBREGA, Maria do Socorro. A divulgação do discurso científico: orientação de pesquisa. [Material didático da disciplina “Ciência e mídia”]. Escola de Comunicações e Artes –Universidade de São Paulo. Não publicado.

OLIVEIRA, Fabíola. Jornalismo científico. São Paulo: Contexto, 2002.

SAGAN, Carl. O mundo assombrado pelos demônios: a ciência vista como uma vela no escuro. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

THE BRITISH PARLIAMENT. “Science and the media”. In: Science and Technology. Third Report. Chapter 7. February, 2000.

VÁRIOS. Ciência e Ambiente. Divulgação científica. Universidade Federal de Santa Maria, n.23, Julho/Dezembro de 2001.

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N