reportagem

Programas do governo auxiliam a entrada de alunos na faculdade

Repórter: DRIELE BEATRIZ PEDROSO DIAS

Cursar o ensino superior atualmente ficou muito mais fácil, mesmo para quem não tem condições financeiras, e tudo isso graças a programas do governo, como PROUNI, FIES, Escola da Família, e a facilidades nas instituições que priorizam o bom desempenho dos alunos e utilizam a nota do Exame Nacional do Ensino Médio(ENEM).

Andréa Carcinoni, de 19 anos, mora em Monte Alto(SP), e estuda Pedagogia em uma instituição em Jaboticabal(SP), trabalha no programa Escola da Família, no colégio estadual "Jeremias de Paula Eduardo" em sua própria cidade, e não paga as mensalidades, porém aos sábados e domingos, ela se dedica ao projeto que abre as portas da escola para o lazer das crianças. “Trabalho nos dias de semana, mas com o meu salário eu não poderia pagar as parcelas da faculdade, e o programa Escola da Família me deu a oportunidade de obter ensino superior, e ainda trabalhar para a comunidade”, diz. No período em que passa dentro da escola,Andréa ensina a fazer artesanato e confeccionar bijuterias.

Já Elaine Barromeo,de 32 anos, estudou Enfermagem no Centro Universitário de Araraquara (UNIARA), e se formou em 2012. “Só conclui o curso porque consegui o FIES a tempo, pois na época eu havia perdido e emprego e estava em situação precária”. Ela pagava apenas R$ 50,00 por trimestre, e hoje em dia, trabalha no hospital Santa Casa, e já está quitando as parcelas do financiamento que durarão até 2018. “Agora estou empregada, e não haverá problemas para acertar minha dívida” diz Elaine, tranquila.

O PROUNI também auxilia e muito os alunos mais carentes, com a nota do ENEM. Os estudantes de escola pública,por exemplo, conseguem descontos de até 100%. É o caso de Rafael Varotte, de 20 anos, que cursa Engenharia da Computação na UNIARA. “Graças aos meus esforços consegui a bolsa integral na UNIARA, não pago nada, mas tenho que manter minhas notas”. Varotte trabalha em uma frangolândia em Monte Alto(SP) e com o que ganha, conseguiria pagar apenas metade. “Ainda posso trabalhar para ajudar a minha família, sem maiores gastos”,prevê.O governo dá diversas oportunidades, hoje em dia o estudo é acessível, basta pesquisar o programa que mais se encaixa no perfil do estudante.

Ver Lista Completa >>>


© 2014 - Uniara - Centro Universitário de Araraquara